15 projectos criativos lutam por financiamento no Createc Academy. Entre Aspas é um deles

É já amanhã, quarta-feira, que iniciam as oficinas de apresentação de soluções criativas para o “Novo Normal”, no âmbito da iniciativa Createc Academy, protagonizada pelo Centro Cultural Moçambicano-Alemão (CCMA), em Maputo.

Entre Aspas faz parte da lista de 15 projectos criativos, entre start-ups e freelancers, através de uma parceria com a Toduma. Este consórcio, que não inicia precisamente no Createc Academy, consiste em aliar o trabalho redactorial da Entre Aspas à técnica de programação da Toduma.

As propostas serão apresentadas até dia 30 às instituições dispostas a apoiar jovens empreendedores no ramo das indústrias culturais e criativas.

Os respectivos projectos admitidos ao concurso estão divididos da seguinte forma: dois para a iniciativa denominada “Resgatar a Natureza”, da Sukuma Produções e da Brand Boutique, em parceria com a Cooperativa de Educação Ambiental Repensar; quatro para a criação de um portfólio para a Câmara do Comércio de Moçambique; cinco para a proposta de uma Agenda Cultural para o Conselho Municipal da Cidade de Maputo e quatro para a criação de uma plataforma de Livestreaming proposta pelo Centro Cultural 16 NETO.

O primeiro workshop, a acontecer na quarta-feira (28), será sobre “Resgatar a Natureza” – um projecto de comunicação e sensibilização dividido em duas campanhas distintas, mas que permitirá com que funcionem separadamente ou em conjunto, nomeadamente: “O que vai na tua cabeça?” – campanha que consiste em questionar, através de ilustrações, usando “cabeças” de um ou vários actores na transmissão de valores que definem cada uma das componentes ligadas ao meio ambiente (oceanos, florestas, animais) e “O planeta é a minha casa (terra)” – uso de plataformas eficazes para dar maior visibilidade às causas da terra (aquecimento global, caça furtiva, poluição, desflorestação e gestão dos resíduos sólidos).

A segunda oficina, a realizar-se na quinta-feira (29), os criativos irão apresentar propostas de um portfólio virtual da Câmara do Comércio de Moçambique (CCM), com o objectivo de melhorar a sua representação quer a nível nacional ou internacional.

O último dia, sexta-feira (30), é reservado a dois workshops. O primeiro, pela manhã, irá juntar criativos que queiram conceber a proposta de uma Agenda Cultural do Conselho Municipal da Cidade de Maputo, um produto que visa divulgar o trabalho cultural levado a cabo pelas instituições culturais e harmonizar as estratégias e acções nas diversas instituições do sector da cultura, com vista ao cumprimento do Plano de Desenvolvimento Municipal (2019 – 2023), bem como proporcionar um espaço de interacção entre os sectores culturais no âmbito da planificação, gestão e promoção cultural.

Já pela tarde, acontece o workshop de discussão e desenvolvimento para a plataforma de livestreaming proposta pela 16 NETO, através do qual os artistas possam cobrar pelos seus shows e de forma fácil e rápida poderem agendar, programar e gerir os seus próprios concertos online.

Aponte-se que este é o terceiro momento do projecto – depois da realização do inquérito que explora os problemas e principais necessidades das instituições neste “Novo Normal” e realização de um webinar sobre Gestão da Mudança na era digital – onde as start-ups e freelancers vão apresentar as suas propostas de soluções para os quatro problemas/necessidades que as instituições mencionaram.

Createc Academy é um projecto organizado pelo CCMA, com o apoio financeiro da Cooperação Alemã, nomeadamente a GIZ, em parceria com o Gabinete para o Fomento Económico Moçambique – Alemanha (AHK), ITGest e Flow Group, com o objectivo de prover soluções em produtos e serviços criativos às empresas para o alívio à crise imposta pela pandemia da COVID-19 e para a sua adaptação no “Novo Normal”.

 

A “alma” do consórcio

Entre Aspas e a Toduma, Lda trabalham em sólida parceria em vários projectos de consultoria, aliando a capacidade criativa da primeira à técnica de desenvolvimento tecnológico da segunda. É, seguramente, o que se propõe neste concurso às empresas interessadas em apoiar soluções criativas no âmbito da crise imposta pela COVID-19. As duas instituições, com apresentações marcadas para os dias 29 e 30, acreditam na na maior eficiência da proposta, tendo em conta o entrosamento que as start-ups têm, resultado de uma combinação de sinergias, que outrora derivaram em experiências inovadoras, para obter melhores serviços/ofertas e com efeitos eficazes.

Entre Aspas é um projecto crossmedia de criação de conteúdos textuais, fotográficos, gráficos e audiovisuais, estando, neste momento, a desenvolver uma plataforma de media integrada que envolve um website, uma revista, um programa de televisão e podcast sobre (i) Artes e Cultura; (ii) Tecnologia e Inovação, (iii) Turismo e Meio Ambiente e (iv) Lifestyle e Bem-estar. Trata-se de uma iniciativa dinamizada pela Tindziva – Comunicação & Ideias Sociedade Unipessoal, Lda., empresa que se se dedica à elaboração e gestão de projectos de comunicação, publicidade e marketing para aproximar instituições dos seus stakeholders.

Já a Toduma Sociedade Unipessoal, Lda é uma empresa do ramo das Tecnologias de Informação e Comunicação, que há sete (7) anos se dedica à criação e desenvolvimento de soluções inovadoras para as necessidades do mercado moçambicano. Durante o seu percurso, a start-up criou, a título de exemplo, projectos para comunicação personalizada em massa por SMS de empresas para os seus clientes; sistemas de alerta informativo por SMS sobre bolsas de estudo, vagas de emprego, entre outras oportunidades; sistema de venda de músicas pelo M-Pesa, assim como o jogo tradicional Ntxuva para celulares; entre outras plataformas digitais que respondem diferentes necessidades sociais, académicas e profissionais que facilitam o acesso à informação.

Partilhe: