Entre Aspas e Taduma ganham nota positiva na “prova oral” de apresentação do portfólio digital

O segundo dia de apresentação de propostas de soluções criativas para o “Novo Normal”, que aconteceu hoje, no âmbito do projecto Createc Academy, esteve ao rubro.

Participaram deste workshop que se destinava a encontrar a melhor estratégia de projectar a imagem da Câmara de Comércio de Moçambique (CCM) a nível nacional e internacional três projectos: o primeiro foi o consórcio criado entre Taduma e Entre Aspas, o segundo chama-se The Dot e Paco Consulting e o último, a solo, é Kuwona Consultores.

Para a CCM, a motivação em participar no projecto Createc Academy surge de um interesse em querer apoiar jovens criativos na inserção destes mesmos no mercado, sendo a Câmara um cliente com muitos contactos nos mais diversos sectores, devido a sua natureza como associação de empresas, fundada já em 1980.

O evento começou com uma apresentação genérica sobre a entidade financiadora, a Câmara de Comércio de Moçambique, e o desafio que esta entidade apresenta neste momento no seu processo de adaptação ao “Novo Normal”. Trata-se de uma exposição dirigida pela Coordenadora do Apoio Empresarial Lucrécia Langa, que enfatizou a necessidade da criação de um portfólio para melhorar a imagem da instituição, projectar os seus serviços e membros bem como ampliar a sua representação a nível internacional.

Foi em torno dessa explanação que os trabalhos dos criativos se cingiu. A The Dot e Paco Consulting foi o primeiro grupo a tomar da palavra, fazendo uma apresentação exaustiva sobre os seus produtos e serviços, sobretudo uma exposição ao seu portfólio. Para as start-ups que se fundem nesta iniciativa, há uma vasta linha de actividades que podem abraçar, onde as redes sociais, o streaming e a criação de vídeos pode ser uma das soluções.

Já a Taduma e a Entre Aspas enfatizaram a necessidade de criação de uma página web que funcione conectada com o sistema de Whatsapp Business API, possibilitando, ainda, o pagamento de quotas e outros serviços através do M-Pesa. Para este consórcio, este cruzamento de tecnologias permite maior facilidade e despende menos recursos para os membros que queiram estar mais perto da CCM e, sobretudo, para a projecção da instituição na comunidade internacional.

O terceiro projecto – Kuwona Consultores – apresentou uma série de projectos, mostrando-se eficaz para gerir o Departamento de Comunicação da CCM, através de soluções em termos gráficos, audiovisuais e outros.

Perante os três conceitos, e após um aceso debate onde os criativos esclareciam diversas questões, a CCM deu uma nota positiva às apresentações, das equipas da Taduma/Entre Aspas e Paco Consulting/The Dot, realçando que se trata de ideias inovadoras e que respondem as pretensões da instituição.

O momento que se seguiu foi de discussão entre a Flow Group – facilitadora dos workshops – e a CCM, com finalidade de encontrar produtos e serviços que mais se aproximam às expectativas. Para ajustar ainda mais os seus projectos às necessidades do destinatário CMM, as start-ups mencionadas irão participar de uma actividade designada Business Coaching, uma série de encontros de mentoria e capacitação, a acontecer no mês de Maio, implementado também pela Flow Group. 

Createc Academy é um projecto organizado pelo Centro Cultural Moçambicano-Alemão (CCMA), com o apoio financeiro da Cooperação Alemã, nomeadamente a GIZ, em parceria com o Gabinete para o Fomento Económico Moçambique – Alemanha (AHK), ITGest e Flow Group, com o objectivo de prover soluções em produtos e serviços criativos às empresas para o alívio à crise imposta pela pandemia da COVID-19 e para a sua adaptação no “Novo Normal”.

Partilhe: